CFM - Caminhos de Ferro de Moçambique

saude02O CFM, em coordenação com a ECOSIDA, promoveu uma campanha de aconselhamento e testagem em saúde, no âmbito da implementação das acções do bem-estar no local de trabalho e combate a varias doenças inclusive HIV e SIDA.


A actividade foi direccionada as estações ferroviárias de Muanza, Inhaminga, Marromeu, Caia, Sena, Ponte Dona Ana e à direcção Executiva CFM- Centro.


O núcleo provincial de combate ao SIDA, como timoneiro da resposta multissectorial, fez-se presente em todas as estações acima mencionadas e teve a missão de difundir a Lei nº19/2014, sobre HIV e SIDA e o trabalhador.


Nesta campanha, foram oferecidos serviços de medição de tensão arterial, glicémia, testes rápidos de sífilis, índice de massa corporal, disponibilização de preservativos masculinos e femininos e distribuição de material IEC.


Foram igualmente, realizadas palestras sobre mudanças de comportamento em relação ao HIV e SIDA e alcoolismo no local de trabalho, proferidas por Eduardo Massingue, ponto focal dos CFM e Rui Miguel, representante nacional dos recursos humanos na mesma instituição.


De acordo com Eduardo Massingue, ponto focal dos CFM, “é importante que os colaboradores das estações ferroviárias façam o teste de HIV, para que saibam da sua situação e caso tenham o vírus, possam seguir as recomendações dadas pelos técnicos de saúde”.


Entretanto, a representante do NPCS, Lídia Munguambe, deu a conhecer aos colaboradores que “existe um dispositivo legal que protege colaboradores com HIV e SIDA e que a existência do mesmo deve encoraja- los a fazerem os testes e seguirem com as recomendações caso tenham resultado positivos”.


Associado ao tema, Rui Miguel proferiu uma palestra sobre o alcoolismo no local de trabalho, afirmando que o álcool é um dos vectores para a contracção do vírus, "porque todo aquele que ingere álcool acima do normal acaba sendo vulnerável".


Nesta campanha foram submetidos a testagem na província de Sofala cerca de 1348 colaboradores dos quais 58 são positivos.