CFM - Caminhos de Ferro de Moçambique

galardoacao1O Conselho de Administração do CFM iniciou um programa de condecorações aos trabalhadores que se distinguem na empresa nos vários sectores em que estão afectos.

Para o efeito, a primeira sessão de galardoação, aconteceu no passado dia 17 de Julho e permitiu galardoar 8 trabalhadores que ocuparam postos de chefia ao longo destes 40 anos da Independência Nacional.

O primeiro a ser galardoado (a titulo póstumo) foi o Eng.  Alcântara Santos, que foi Director dos Serviços dos Portos, Caminhos de Ferro de Moçambique entre 1976 e 1980. Em seguida, o Dr. Subhaschandra M. Bhatt,  ocupou o posto de Director Nacional, de 1980 a 1981; O Eng. Fernando Ferreira Mendes, Director Nacional, entre 1982 e 1990; O Eng. Mário A. Dimande (a titulo póstumo), Director Geral, de 1989 a 1994 e Presidente do Conselho de Administração (PCA), de 1995 a 1997; O Eng. Rui Fonseca, Presidente do Conselho de Administração, de 1997 a 2010; Eng. Rosário Mualeia, Presidente do Conselho de Administração de 2010 a 2013; O Eng. Domingos L. Bainha, Administrador Executivo, entre 1995 e 2010; Sr. Gabriel Mabunda, Director de Recursos Humanos entre 1976 e 1978.

Na sua mensagem, o Presidente do Conselho de Administração do CFM, Dr. Victor Pedro Gomes referiu que o acto constitui “o reconhecimento da empresa para com trabalhadores que se dedicaram e se esforçaram ao longo dos anos, fazendo história nesta Empresa que semana passada, dia 8 de Julho, celebrou 120 anos”. Victor Gomes sublinhou o esforço conjunto de todos os trabalhadores para manter viva a empresa. “Os que foram aqui distinguidos são apenas uma amostra dentro do universo total dos trabalhadores que mais se destacaram nas suas categorias… Aqui nos Caminhos-de-ferro, ninguém caminha sozinho. O que prevalece é o espírito de trabalho conjunto, do trabalho em equipe, é a solidariedade organizacional”- esclareceu o PCA do CFM.

galardoacao2A Cerimónia esteve enquadrada nas comemorações dos 120 anos da empresa e contou com a presença do Ministro dos Transportes e Comunicações, Eng. Carlos Mesquita, que congratulou aos trabalhadores e desafiou para que “esta centenária empresa continue a caminhar, cumprindo, com cada vez maior eficácia, o seu papel de dinamizador a economia nacional e regional”.

Recorde-se que o CFM completou 120 anos no passado dia 8 de Julho, aniversário que coincidiu, este ano, com as comemorações dos 40 anos de Independência de Moçambique.