CFM - Caminhos de Ferro de Moçambique

MENSAGEM PCA AOS TRABLHADORESO Presidente do Conselho de Administração do CFM, Dr. Victor Pedro Gomes, acompanhado de dois quadros da Empresa, participou, no passado dia 18 de Junho, na Suazilândia, da 1ª Reunião de 2015, do Conselho de Administração da Associação das Empresas Ferroviárias da África Austral- SARA (traduzido do Inglês, Southern African Railways Association). 

A Cerimónia de Abertura foi presidida pela Ministra dos Transportes e Obras Públicas do Reino da Swazilândia, Pastora Lindiwe Dlamin que enalteceu o contributo da SARA no desenvolvimento da integração regional. “SARA é um dos mais importantes braços da SADC no contexto das infraestruturas e serviços. A região da SADC é um bloco económico que se caracteriza pela producao de produtos similares cuja exportação se destina a mercados semelhantes. Por exemplo, produzimos açúcar que, para além de ser vendido no mercado local, também é exportado para os Países da União Europeia e mercado Norte-americano. sabemos que outros Países, como o Brasil e a Tailândia também produzem açúcar para o mesmo mercado”. Nesse sentido, exortou Dlamin, “dada essa natureza competitiva dos negócios, a Associação SARA deve trabalhar no sentido de melhorar a eficiência a fim de reduzir os custos do transporte, para que possamos continuar a abastecer os mercados a preços competitivos”.

Recorde-se que a SARA é uma associação constituída em 1996, com o principal objetivo de promover os interesses comerciais dos Caminhos de Ferro da Região Austral de África, como resultado do reconhecimento da necessidade da criação de um forte grupo de lobby cujo objectivo é defender uma competição justa na área dos transportes ferroviários.

Este primeiro Conselho de 2015 permitiu eleger o Director-Executivo da Associação, cargo que coube ao Senhor Babe Botana, de nacionalidade Tswana, em substituição do Zimbabweano Bernard Dzawanda, por ter terminado o mandato. Babe Botana foi CEO do Botswana Railways, RSZ (Railways System os Zambia. Actualmente é Comsultor na area de transportes no Botswana.