CFM - Caminhos de Ferro de Moçambique

memorandooA Empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique- CFM, assinou, esta semana, dia 02 de Junho, um Memorando de entendimento com o grupo Visabeira Moçambique e EMEF- Empresa de Manutenção de Equipamentos Ferroviário, visando constituir uma sociedade em Moçambique para, entre outros, garantir a manutenção, reabilitação, grande reparação e fabrico de material circulante ferroviário.

Falando na ocasião, o PCA do CFM, Dr. Victor Gomes considerou que, “ao assinarmos este memorando, temos a certeza de que escolhemos os parceiros certos, que têm a capacidade comprovada para, juntos connosco, avançarmos com a instalação de uma unidade de produção e reparação de material circulante, que possa responder às exigências que o mercado actual impõe.

carrvaoRecorde-se que a assinatura deste memorando vai ao encontro da conclusão das obras do Corredor Ferroviário Norte que, segundo o PCA do CFM, “ao se juntar aos corredores já existentes, muito contribuirá para responder às exigências do desenvolvimento do País”.

Refira-se que a conclusão das obras da construção da Linha Férrea Moatize-Nacala, que será usada para transportar o carvão de Moatize e outras cargas, numa extensão de 912 Km, está prevista para Outubro deste ano.